Home Claudia Menezes Escreve Comercial de rímel é barrado por exagero no tamanho dos cílios!

Comercial de rímel é barrado por exagero no tamanho dos cílios!

5 min read
0
0
57

Comercial de rímel é barrado por exagero no tamanho dos cílios!Empresas do segmento de beleza costumam de maneira equivocada utilizar posts com “modelos produzidas” para divulgar seus produtos e ou serviços, ao invés de aproveitarem para mexer com a vaidade de seus clientes. Isso sem dúvida ajudaria o próprio estabelecimento a mostrar os seus serviços e a que veio.

Presenciei ao final do ano passado, após três meses de consultoria, uma cliente que  praticamente dobrou seu faturamento após deixar de explorar fotos de “modelos profissionais”, feitas por uma Agência de Comunicação que a atendia; detalhe “a atendia”, uma vez que foi perceptível a mudança, para criar seus próprios vídeos e fotos, valorizando não só seus serviços como a beleza natural de seus clientes e ainda mexendo com o ego dos funcionários que se sentiram muito mais valorizados ao verem seus trabalhos sendo expostos.

Uma empresa muitas vezes peca ao utilizar estratégias de marketing que não condiz com a sua realidade ou seu posicionamento, como por exemplo uma apresentadora de Tv  famosa e rica, utilizando a MARCA Monange, isso põe em dúvida a credibilidade da publicidade? Porque?

Vamos ver então uma outra situação em que uma grande MARCA, utiliza uma estratégia um tanto quanto comprometedora:

Comercial de rímel é barrado por exagero no tamanho dos cílios!

A MARCA Rimmel foi obrigada a tirar do ar um comercial com a atriz Britânica e Modelo Cara Delevingne, por excesso de manipulação na imagem de seus cílios.

O anúncio fazia menção a uma máscara para cílios da Rimmel que prometia “volume extremo”. A Organização que regula a Indústria de Publicidade no Reino Unido, a Advertising Standards Authority (ASA), advertiu a Rimmel de que havia recebido reclamações e contestações de que a mesma estava exagerando no efeito do produto.

A Rimmel contestou argumentando que a pós produção do vídeo deixou mesmo um resultado real, e ainda reforçou que Cara Dalevingne tem cílios cheios e longos, o que não interferia nos resultados.

Ainda de acordo com  a ASA, o comercial exagera o efeito do produto no vídeo, podendo, assim, iludir o consumidor, afinal de contas, na vida real, o efeito nos olhos seria menor.

Cara Dalevingne tem como principal atrativo seus olhos e essa escolha verdadeiramente não foi acidental, afirmam seus opositores.

Cara Delevingne também foi o rosto da campanha Burberry Beauty, junto com outras modelos britânicas, Edie Campbell e Jourdan Dunn. Quando era mais jovem, foi modelo em anúncios de chocolates da empresa Cadbury.

A MARCA Rimmel acatou a decisão da ASA. Assista ao vídeo

Leia também: MARCAS São Como Espécies, Umas Sobrevivem Outras não!

Abraços,

Claudia Menezes.

Se você gostou deste Post, compartilhe ou dê sugestões para novos temas.

 

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Claudia Menezes Escreve

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *