Home Dicas Dicas de como viver a crise sem crise! CRISE/CRI E

Dicas de como viver a crise sem crise! CRISE/CRI E

7 min read
4
0
15

dicas-de-como-viver-a-crise-sem-crise-crisecri-eSempre inicio as minhas palestras com esta pergunta? “_Já existiu no Brasil crise maior do que a que estamos passando?” e ouço um refrão: “Não”. Mas já existiram crises bem piores no Brasil sim, vou citar algumas:

O Brasil já enfrentou  uma guerra para ser independente a revolução em 1930, ditadura, golpe militar, e, em nenhum momento, o país perdeu a serenidade para encontrar soluções, óbvio que a crise está aí e seria ironia ignorá-la, mas viver em prol da crise é uma questão de escolha.

Precisamos entender, elaborar e criar meios de tornar as coisas menos difíceis. Por isso quero dar dicas de como viver a crise sem crise. Isso é mais complicado para aquelas pessoas mais conservadoras e apegadas, e um pouco mais fácil para aquelas pessoas despojadas e que enfrentam mais desafios. Principalmente em relação a perder um emprego ao qual estava acostumado, ou mesmo uma posição e até mesmo um valor reduzido.

Que emprego de carteira assinada já estava fadado a se extinguir, isso não é nenhuma novidade não é mesmo? Mas constantemente estamos buscando segurança, algo que nos faça sentir com os pés no chão, por isso penso que para aqueles que arriscam mais, passar por um período desse, se torna menos sofrível.

Que emprego está difícil, ninguém pode negar, mas que as demandas se esgotaram, isso não é verdade. Beleza e alimentação então, são setores que muito raramente entram em caos total.

Tem pessoas que são a cara da crise, você liga para dar um bom dia e escuta primeiramente tudo sobre a crise, depois sobre as dificuldades geradas pela crise, para somente depois e bem depois, receber um bom dia, sem muito entusiasmo, claro. Agora, vai ver o canal de TV que esta pessoa assiste.

Costumo brincar em minhas palestras dizendo: “A crise está para você, assim como você está para a crise!” O que é fato.

Eu costumo ter paciência até um certo limite, quando vejo que a pessoa que é a “cara da crise”,  que sua energia vai sugar a minha energia se permanecer próxima de mim por mais tempo, dou um jeito de sair de fininha, ou me posiciono: “Porque você não tenta ver o outro lado?” e tento fazer com que ela enxergue um pouco mais além da crise.

 dicas de como viver a crise sem crise/CRISE/CRI E

_Evite acordar com a cara da crise- Olhe-se no espelho e dê um bom dia a sua imagem refletida e diga: “Bom dia, afinal, mais um dia que estamos juntos(as) para vencer!

_Evite sair na rua como se fosse um poste sem luz- Isso mesmo, um poste sem luz em uma rua iluminada quebra todo o encanto, e todos irão correr para perto do poste iluminado.

_Conte quantas palavras fala de pessimismo e quantas de otimismo- Pessoas pessimistas sugam a energia de qualquer um, e pior que isso tendem a ficar sozinhas, pois o bom da vida é poder escolher as companhias.

_Se alguém abordar o assunto, seja gentil, faça um breve comentário, mas nada de dar linha e tornar ainda mais polêmico o assunto.

_Pegue a CRISE, tire um S dela e CRIE, comece a usar a criatividade  e busque alternativas.

_Estabeleça parcerias, busque apoio em pessoas ou empresas que possam fazer uma indicação, ou mesmo aproveita-lo(a), nem que seja por um determinado peíodo.

_Crie o Networking, busque a sua lista de contatos, dê um oi, e procure fazer isso sempre, para se não passar por uma pessoa que só procura por interesse.

_Busque ter visibilidade de alguma forma, mas cuidado com a exposição em excesso. Em redes sociais então, muito cuidado com as roupas, as fotos e com o que fala e como fala.

_Confie que como tudo na vida, a crise também é passageira e um dia ela vai embora, mas esteja forte para que vá embora e não leve o seu barco.

Leia também: Evite pessoas que são a cara da crise.

Abraços,

Claudia Menezes.

bw_depressed_girl-3pn12gvrdu4gocc48ws8cwccc-6ylu316ao144c8c4woosog48w-th

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Dicas

4 Comentários

  1. Maria Regina

    08/11/2016 at 22:42

    Legal . Parabéns pela iniciativa.

    Resposta

  2. Simone Bratchon

    08/11/2016 at 23:04

    Concordo afinal as pessoas se apegam muito as coisas ruins e bem mais fácil colocar a culpa na crise.

    Resposta

    • Claudia

      09/11/2016 at 10:35

      Verdade Simone,
      Utilizam disso como desculpas. Obrigada sempre! Abraços.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *