Home Carreira Falar em público é como andar de bicicleta, é preciso ter fé e técnicas! Veja dicas:

Falar em público é como andar de bicicleta, é preciso ter fé e técnicas! Veja dicas:

7 min read
1
0
63

como-perder-o-medo-de-falar-em-público

Café Com Ideias: Você já sentiu vontade de “desmaiar” literalmente ao fazer uma apresentação em público? Aquele frio na barriga, mãos geladas e a sensação de que as vistas escurecem? Pois saiba que esse “privilégio” não é para poucos, afinal, falar em público é uma dificuldade que muitas pessoas possuem. As causas e origens, são reflexos de nossas crenças, infância, entre outros aspectos.

Muitos são os que se queixam por não se sentirem seguros ao fazerem uma apresentação em público, isso devido a vários fatores: Quando crianças, muitas vezes fomos alertados por nossos pais a nos comportarmos corretamente na presença dos adultos, evitando exposição em excesso, o que seria uma forma de demonstrar o quanto fomos educados. Com o passar do tempo, mesmo que de maneira inconsciente, nos habituamos a dar continuidade ao padrão estabelecido por nossos pais, e com isso  passamos a evitar as exposições em público. Pais que costumam mutilar seus filhos de maneira verbal, utilizando “jargões” que oprimem: “Você é burro, não sabe conversar direito”, “Você tem a voz de taquara rachada”, “Quando um adulto estiver falando, fique calado!” e assim por diante, também auxiliam a criar o medo de falar em público.

Fatores como timidez, alto estima baixa, entre outros, também podem levar ao desconforto mediante a uma platéia, assim como crenças e valores, uma vez que somos movidos pelo que acreditamos e lutamos pelo que valorizamos. Se não acreditamos ser capazes de fazer uma exposição em público, quem nos dirá o contrário? Quem acreditará? As pessoas não sabem que o limite se encontra primeiramente dentro delas. Vejam este exemplo:

Há um ano atrás, uma aluna me procurou desesperadamente, uma vez que eu frequentava aquela unidade apenas uma vez na semana, dizendo:

_”Professora, pelo amor de Deus me ajude. Semana que vem será a apresentação da Banca do meu curso, e eu estou totalmente desesperada, não sei falar em público, não vou conseguir e sem contar que a minha voz é horrível. O que faço?”

Quando respondi:

_”Não apareça lá então!”

Ela esperava qualquer outra resposta minha, menos esta.

_”Mas professora! Como assim? Eu vou deixar de apresentar  o trabalho?”

_”Vai! Depois de tudo que me relatou, acho difícil você obter êxito.”

_”Mas eu dou conta professora!”

_”Ah! Você dará conta? Acredita mesmo nisso? Acredita ser capaz?”

_”Claro, não terei outra opção.”

_”Agora sim, se você acredita, se sente capaz, terá possibilidade de alcançar o resultado almejado.”

A aluna então, esboçou um sorriso aliviado e com um brilho de “esperança” nos olhos concluiu:

_”Entendi professora, se eu não acreditar, jamais serei capaz!”

Uma semana depois, esta aluna me viu novamente, e de maneira eufórica e emocionada me abraçou e contou o quanto havia sido bem sucedida na apresentação. Resultado? Primeiramente passou a acreditar que seria capaz , utilizou técnicas que passei de respiração “âncora”, acreditou que a sua voz era boa o suficiente para a ocasião e deu o melhor de si.

A técnica da respiração é uma ferramenta muito utilizada pela PNL (Programação Neurolinguística), que auxilia a levar oxigênio para o cérebro, garantindo assim um equilíbrio e bem estar, mediante à qualquer situação de ansiedade, como provas, concursos, entrevistas, bancas e etc. Basta inspirar contando até quatro, segurar a respiração contando até quatro e soltar contando até quatro, repetindo quatro vezes. O sucesso é garantido.

Outra Técnica que garante uma boa apresentação é a da “Ancoragem”, veja neste post do Café Com Ideias de 2012:

https://blogclaudiamenezes.wordpress.com/2012/09/18/o-poder-da-mente-ajuda-a-melhorar-a-carreira-e-a-vida-pessoal/

Acreditar ser capaz é o primeiro passo. Trabalhar a mente, ancorar, buscar o equilíbrio e desenvolver técnicas(curso oratória), também ajudarão e muito a vencer a timidez e garantir o sucesso nas apresentações. Falar em público é como andar de bicicleta, ninguém nasce sabendo, é preciso primeiramente ter fé e desenvolver as  técnicas, pois se tiver medo, jamais conseguirá. É preciso fazer do palco um lugar seguro!

Acredite!

Abraços,

Claudia Menezes.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Carreira

Um comentário

  1. Rose Rosa

    19/04/2015 at 13:16

    Futura aluna do curso de oratória rs

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *